Pesquisar este blog

domingo, 22 de abril de 2018

Imagens Históricas 34: Reconstituição do rosto de D. Pedro I




Como já divulgamos em uma postagem feita em 2012 ("Os Ossos do Imperador: A Exumação de D. Pedro I"), os restos mortais da família imperial brasileira foram exumados, incluindo-se o próprio imperador Pedro I, bem como as imperatrizes Leopoldina e Dona Amélia. Agora, seis anos depois, eis que temos uma primeira tentativa de reconstituição da face do nosso primeiro governante, feita a partir do crânio que foi examinado naquela oportunidade. E o que se obteve foi o de um rosto comum, muito embora não fosse de uma pessoa comum, bem longe daquilo que costumamos encontrar nos livros de história de modo geral (acima, o rosto e o crânio que serviu de base para a reconstituição). Evidentemente os artistas que reproduziam em quadros e esculturas as personalidades políticas da época, procuravam destacar a altivez e a importância dessas figuras, bem como dos cargos que ocupavam. Por exemplo, um príncipe representado em pintura ou escultura equestre (montados em cavalos) não significa necessariamente que fossem exímios cavaleiros e nem mesmo atesta que soubessem andar a cavalo. 


Raramente temos desenhos ou pinturas um pouco mais despretensiosos desses personagens. Porém, em alguns materiais iconográficos (reproduções do rosto) referentes a D. Pedro I notamos alguma semelhança com a reconstituição facial feita agora, sobretudo em relação ao fato desta última apontar para um rosto mais volumoso e "cheio", algo que o aproxima de certa forma de seu pai, o rei D. João VI de Portugal. Nos desenhos de Jean Baptiste Debret por exemplo, que integrou a Missão Artística Francesa de 1817, sendo portanto contemporâneo dos dois personagens históricos, isso é perceptível (como mostra um trabalho de Debret reproduzido acima, com o rei D. João e o filho D. Pedro respectivamente da esquerda para a direita). 
De qualquer forma, essa reconstrução facial ainda é um trabalho preliminar e que necessita de um maior aprofundamento técnico para podermos tirar conclusões definitivas. O trabalho atual foi realizado por meio de um projeto do advogado José Luis Lira da Universidade Estadual Vale do Aracaú no Ceará, o qual adquiriu os direitos da foto do crânio exumado em 2012. O mesmo foi feito com autorização da Família Imperial e dos descendentes do imperador. 
Crédito das imagens:
Rosto reconstituído e crânio:
https://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/bbc/2018/04/22/reconstituicao-mostra-verdadeiro-rosto-de-d-pedro-i-com-fratura-no-nariz.htm#fotoNav=5
Desenhos de Debret: 
https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Jean-Baptiste_Debret_-_Retratos_de_D._Jo%C3%A3o_VI_e_D._Pedro_I.jpg

Nenhum comentário:

Postar um comentário